Banner Anúncie na Freebike - Topo

Legislativas 2019: Centenas de candidatos assumem compromisso de apoio à mobilidade em bicicleta Destaque

Legislativas 2019: Centenas de candidatos assumem compromisso de apoio à mobilidade em bicicleta

Cerca de 400 candidatos a Deputado nas Eleições Legislativas de 2019, a que se junta uma resposta centralizada da CDU vinculando todos os seus candidato, responderam ao questionário da MUBi e subscreveram o compromisso de apoio à causa da mobilidade em bicicleta durante o mandato parlamentar 2019 - 2023, com o objectivo de aumentar o número pessoas que se deslocam em bicicleta e melhorar as condições para a sua utilização, em termos de segurança, infraestruturas, acessibilidades e conveniência

A MUBi enviou, no passado 4 de Setembro, um questionário dirigido aos candidatos a Deputado da Assembleia da República nas Eleições Legislativas do próximo dia 6 de Outubro, solicitando as suas visões e opiniões acerca de cinco assuntos actualmente pertinentes de políticas nacionais para a mobilidade em bicicleta, activa e mais sustentável.

398 candidatos, de todos os círculos eleitorais e incluindo de todos os partidos com assento parlamentar, responderam ao questionário. A quase totalidade, 393 candidatos, a que se junta a resposta da CDU vinculando todos os seus candidatos, subscreveu o compromisso declarando o seu apoio à mobilidade em bicicleta.

Perante a excessiva utilização do automóvel e desequilibrada repartição modal em Portugal, a vasta maioria dos candidatos, 89%, defende uma redução da quota modal do automóvel até ao fim do mandato parlamentar de pelo menos 5%, sendo que mais de metade, 51% dos candidatos, considera que a redução até 2023 deve ser mesmo superior a 10%.

Portugal tem dos piores indicadores de segurança da Europa para peões e utilizadores de bicicleta. Em resposta, os candidatos classificaram a adopção pelo Estado das medidas e objectivos no combate à sinistralidade rodoviária elencadas no questionário, como prioritárias ou muito prioritárias, com uma prioridade média de 85 numa escala de 0 (Nada prioritário) a 100 (Muito prioritário). A tida com maior prioridade, com uma classificação de 96 na referida escala, é a redução para metade até 2025 das mortes e lesões graves de utilizadores vulneráveis.

Tendo em conta a pouca eficácia que as administrações locais têm tido na utilização dos financiamentos europeus para o incremento da mobilidade activa e sustentável e o generalizado fracasso na concretização de medidas de redução da presença e utilização do automóvel em meio urbano, a quase totalidade dos candidatos, 98%, considera que a cooperação e articulação do Estado central com as administrações locais para a promoção dos modos activos de deslocação e redução da utilização excessiva do automóvel em meio urbano, é muito ou moderadamente prioritária, com quase quatro em cada cinco, 78%, a considerá-la muito prioritária.

Os candidatos consideram prioritário ou muito prioritário a implementação de várias medidas listadas que fomentem a transferência modal do transporte motorizado individual para os modos activos e mais sustentáveis, com uma prioridade média de 81 na referida escala.

Perante os enormes custos externos dos sistemas de transporte (7% do PIB europeu), suportados maioritariamente pela sociedade, de que o transporte rodoviário é principal responsável, com ¾ do total, e a conhecida muito favorável relação custo-benefício dos investimentos em infraestruturas para a utilização da bicicleta, a quase totalidade, 98%, dos candidatos considera que o investimento anual do Estado português na mobilidade em bicicleta deve ser superior a 5 Euros per capita. Perto de dois terços, 59%, considera que esse montante deverá ser de pelo menos 10 Euros, e 33% que deve ser de 20 Euros ou mais per capita.

Com base nas respostas dadas pelos candidatos às questões sobre políticas nacionais, a MUBi criou um barómetro que mostra o apoio de cada força política à mobilidade urbana em bicicleta e sustentável.

Às questões pessoais colocadas, 5.4% dos candidatos declarou usar diariamente a bicicleta como forma de deslocação e 16% fazê-lo várias vezes por semana. 90% afirma que utilizaria a bicicleta mais ou muito mais frequentemente, se as condições para tal fossem mais seguras e convenientes.

A mobilidade está a mudar e os próximos anos serão decisivos para a direcção que será tomada. As Eleições Legislativas de 2019 representam uma oportunidade para que Portugal assuma um amplo e firme compromisso por uma mudança de paradigma nas políticas de transportes e mobilidade, priorizando as deslocações a pé e em bicicleta e o transporte público em detrimento da utilização do automóvel individual, com vista a um Portugal mais activo, saudável, seguro e sustentável. O Estado central tem as competências para liderar essa mudança de paradigma na mobilidade, tornando-a uma realidade.

A MUBi congratula-se com a larga participação de candidatos a Deputado neste questionário. O firme apoio, transversal aos vários quadrantes políticos, expresso nas respostas dadas, a políticas e medidas conducentes ao aumento da utilização da bicicleta e dos modos activos e mais sustentáveis e à redução da excessiva utilização do automóvel, mostra que verdadeiras mudanças na mobilidade em Portugal terão de acontecer nos próximos 4 anos, durante a nova legislatura que se avizinha.

A análise detalhada das respostas ao questionário está disponível em:

https://mubi.pt/2019/09/30/resultados-questionario-mubi-legislativas-2019/

Modificado emquarta, 02 outubro 2019 03:57

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.

voltar ao topo

 

Sponsor Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1  Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1
×

Subscreva a nossa Newsletter!

Seja o primeiro a receber as nossas novidades.

Consulte os nossas Políticas de Privacidade & Termos de Utilização
Pode deixar de receber a nossa newsletter a qualquer momento