Banner Anúncie na Freebike - Topo

Milharado com mais um campeão Nacional de ciclismo. Destaque

Francisco Marques voa em Vila Flor e conquista o Tituloi na prova de Contra Relógio individual

Numa organização conjunta da Federação Portuguesa de Ciclismo, da Associação de Ciclismo e Cicloturismo de Bragança e do Clube Ciclismo de Vila Flor e com o apoio do Município de Vila Flor, realizaram-se entre 1 a 3 de Julho, em Vila Flor, os campeonatos Nacionais de ciclismo de estrada para os escalões de cadetes, juniores e femininas, que no total reuniram cerca de 500 atletas, quase na totalidade jovens dos escalões de formação, onde se incluíam as elites e masters femininas.

Tendo em conta que o Campeonato Nacional acaba por ser a prova mais importante da época, já que é na mesma que são atribuídos os títulos que permitem aos atletas envergar a tão desejada camisola de campeão ao longo da época, a escola de ciclismo da ACD Milharado, deslocou-se até aquela localidade de Trás os Montes com 16 atletas, sendo uma das comitivas mais numerosas e marcando presença em todas as provas em disputa.

As primeiras provas, começaram ao início da tarde desta sexta-feira e foram 149, os atletas que disputaram nos vários escalões, as provas de contra-relógio individual. Nesta prova a escola de ciclismo de Mafra, marcou presença com 8 atletas, distribuídos pelos vários escalões, com os cadetes a serem os primeiros a saírem para a estrada, para um percurso de cerca de 10 quilómetros, bastante difícil, principalmente pela existência de vários sectores de empedrado. O atleta de Mafra, Francisco Marques, realizou a uma prova irrepreensível, tendo chegado ao final dos 9,8 km do percurso com um registo de 14:13:23, tempo que lhe permitia sentar-se na cadeira do mais rápido e com uma média de mais de 41 km/h dava boas perspetivas para um lugar no pódio. Até final, mais ninguém conseguiria melhorar o seu registo, tendo o segundo melhor registo, ficado a mais de 20 segundos. Assim o atleta da escola de ciclismo Manuel Martins sagrou-se Campeão Nacional de contra relógio, titulo que irá juntar ao de Campeão Nacional de pista, titulo alcançado em Fevereiro no velódromo Nacional e que o tornam num dos poucos atletas com mais que um titulo numa única época.

Nos juniores e apesar do melhor atleta do Milharado, se ficar pela 14ª posição, todos os atletas estiveram em grande evidencia, já que foi a única escola a sentar todos os atletas na cadeira do mais rápido, com o Antonio Rodolfo, a ser também o atleta que permaneceu mais tempo com o melhor registo.

Nas femininas, dois quartos lugares, deixaram também uma excelente imagem, apenas com algum amargo de boca, para a cadete Raquel Rodrigues, com o pódio a ficar a apenas 60 centésimos.

Em elites femininas, destaque para Daniela Reis, atleta formada na ACD Milharado e que atualmente se encontra a correr em França, que renovou com autoridade os títulos de Campeão nacional de Contrarrelógio e de estrada.

A Prova em linha de Cadetes, com 138 atletas inscritos, realizou-se na tarde do dia 2, tendo a escola de Ciclismo Manuel Martins, voltado a estar em evidencia com os 6 atletas presentes, com estes a assumirem o controlo da corrida, apesar de alguns incidentes com 2 dos nossos atletas. Hugo Silva, integrou a fuga, de onde iriam sair os vencedores, durante grande parte da prova, tendo acabado por pagar pelo seu esforço, na parte final. A prova acabaria por ser decidida entre os 3 elementos que permaneceram em fuga, com os atletas de Mafra, Francisco Marques e Samuel Lourenço a serem os únicos a resistir à dureza do traçado e do calor que se fazia sentir, tendo chegado com o pelotão, mas já longe da disputa dos lugares do pódio.

As 58 atletas femininas, que  disputaram a Prova em linha, as cadetes e masters tiveram que percorrer cerca de 60 km. Nesta prova as atletas de Mafra tiveram sortes diferentes, já que Filomena Paulo, não se deu bem com as dificuldades do percurso e com o muito calor que se fazia sentir, acabando por não conseguir ir alem do 8º lugar. Já a cadete Raquel Rodrigues, num percurso pouco propicio para sprinters, acabaria por não conseguir aguentar o ritmo das elites e acabando por descolar na terceira das 6 voltas. Ainda assim acabaria por fazer uma prova de grande qualidade, tendo acabado em 6º lugar, entre as 15 atletas do escalão presentes, com a particularidade das atletas deste escalão demonstrarem andamentos superiores à maioria das juniores em prova.

A prova em linha dos juniores, que encerrou estes campeonatos nacionais, contou com 168 atletas inscritos, tendo a equipa de Mafra marcado presença com 8. A prova com um percurso de 123 km, já de si bastante difícil, viria a ficar ainda mais complicada, devido às altas temperaturas, características desta região transmontana, acabando por originar um numero de desistências muito grande. No entanto dos atletas de Mafra, apenas se verificou uma desistência e mesmo essa devido a uma lesão mal debelada. A equipa esteve mais uma vez em grande evidencia ao ter controlado a prova de principio a fim, com particular destaque para Miguel Salgueiro, que originou a fuga que viria a ditar o desfecho destes campeonatos e apesar de andar em fuga durante cerca de 110 km, ainda  acabaria em 4º lugar. Este campeonato acabou por ser a afirmação da equipa de juniores de Milharado, onde alguns dos atletas menos experientes, como o Marcelo Batista e o Telmo Silva, mostraram uma grande evolução e arriscaram integrar-se em várias fugas. Os restantes atletas mais experientes e num espirito de grande solidariedade com os colegas de equipa, acabariam por abdicar do seu resultado individual, assumindo o controlo do pelotão de modo a que as fugas tivessem sucesso.

De acordo com o clube organizador, o campeonato nacional acaba por ser uma das provas mais importantes para o percurso dos ciclistas, já que está em jogo o futuro dos atletas juniores que, dependendo do resultado da prova, poderão ter a sorte de fazerem contratos com equipas de Sub23 ou mesmo profissionais e isso é muito importante para quem sonha em ser ciclista.

De acordo com o presidente do município de Vila Flor, a importância destas provas vai muito para além do ciclismo, uma vez que estas acabam por ter um impacto positivo para o concelho e para a região. Segundo Fernando Barros, “durante os três dias vamos ter aqui atletas dos maiores clubes nacionais e, portanto, tem um impacto enorme na promoção da modalidade e do concelho. Nós já temos uma boa capacidade de camas e de restauração e estão superlotados, não só em Vila Flor como nos concelhos à volta. Este tem também repercussões nos concelhos vizinhos, o que me deixa satisfeito”, referiu o autarca.

O responsável pela escola de ciclismo, acabou por fazer um balanço muito positivo desta participação em Vila Flor, já que todos os atletas responderem à altura do evento, demonstrando um grande empenho e deixando uma excelente imagem do trabalho de formação que se faz no Milharado, o qual, apesar das inúmeras dificuldades em encontrar forma de suportar os elevados custos de formação, só é possível com o apoio e disponibilidade de alguns pais, que acabam por ser “peças”  fundamentaisno sucesso da escola.

No próximo fim de semana irá realizar-se em Almeirim o encontro nacional de Escolas de ciclismo, onde se prevê a presença de mais de 700 atletas. A escola de ciclismo Manuel Martins irá marcar presença com mais de 30 atletas, o que irá implicar que Mafra esteja presente com a maior escola de ciclismo de estrada de Portugal.

Classificações dos atletas da ACD Milharado, Escola de Ciclismo Manuel Martins

Contra Relógio Inidividual:

Juniores

Miguel Salgueiro      14º

Rui Silva                     18º

António Rodolfo       21º

Cadetes

Francisco Marques    Campeão Nacional

Hugo Silva                 26º                

João Sousa                 37º

Cadetes Femininas

Raquel Rodrigues      4º

Masters Femininas

Filomena Paulo         4º

Provas em linha:

Juniores

Miguel Salgueiro      4º

Marcelo Batista         30º

Rui Silva                     43º

Isaac Pereira               47º

Telmo Silva                51º

Afonso Barreiros        78º    

António Rodolfo       80º

Filipe Santos              DNF

Cadetes

Francisco Marques    24º

Samuel Lourenço      32º

João Sousa                 DNF

Hugo Silva                 DNF

Daniel Casquilho       DNF

Daniel Mendes          DNF

Cadetes Femininas

Raquel Rodrigues      6º

Masters Femininas

Filomena Paulo         8º

Fotos UVP-FPC João Fonseca

Modificado emsexta, 08 julho 2016 06:32

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.

voltar ao topo

 

Sponsor Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1  Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1
×

Subscreva a nossa Newsletter!

Seja o primeiro a receber as nossas novidades.

Consulte os nossas Políticas de Privacidade & Termos de Utilização
Pode deixar de receber a nossa newsletter a qualquer momento